Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

AJUGA - ( Ajuga reptans )

06:54 0 Comments A+ a-

Herbácea reptante e estolonífera.

Clique para ampliar
Ajuga reptans
NOME CIENTÍFICO: Ajuga reptans.

NOME POPULAR: Ajuga, lígua-de-boi, erva-de-são-lourenço, erva-férrea, erva-de-são-léo, ajugaíba, búgula,  Bugleweed. 


FAMÍLIA: Lamiaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Ásia e Europa.

PORTE: 10 a 20 cm de altura.

FOLHAS: Com nervuras bem definidas, lustrosas, de 5 a 10 cm de comprimento,  formam rosetas próximas ao solo ou no caule. A espécie básica tem folhagem verde-escura, mas foram desenvolvidas plantas por cruzamentos, com folhas púrpuras, cor de bronze e mescladas, creme, cor-de-rosa, amarelo, etc.
 
 Clique para ampliar
Detalhe das folhas
FLORES: De valor ornamental secundário, de coloração azul-claras agrupadas, tipo espiga, existe também nas cores brancas, róseas e avermelhadas, despontam na primavera. Atraem borboletas e abelhas.

LUMINOSIDADE: Prefere  meia-sombra, mas a sol pleno floresce com maior intensidade, apesar de suas folhas ficarem de tamanho menores e muitas vezes queimadas.

ÁGUA: Aprecia solo sempre úmido, mas não encharcado.

CLIMA: Prefere clima quente a temperado, tolerante ao frio, mas não calor excessivo.

CULTIVO: O solo deve ter boa drenagem, deixe um espaço de 15 a 30 cm entre mudas.

Nota: Por ser uma planta invasora, colocar separador subterrâneo entra ela e o gramado.

FERTILIZAÇÃO: Na preparação do canteiro, deixar o solo bem solto e sem torrões, aplicar adubo animal, bem curtido, se a terra for argilosa (que retém muita água), misturar areia grossa de construção bem lavada, para melhorar drenagem.

UTILIZAÇÃO: Principalmente como forração, em áreas que não sofram pisoteio, fazem magníficas composições com outras plantas. Em vasos de plantas grandes, ficam bem como forração.

PROPAGAÇÃO: A partir de plantas jovens que brotam da planta mãe, os estolões devem estar com raízes.

PLANTA TÓXICA: Apesar de ser uma planta de uso medicinal, o uso de forma inadequada pode acarretar problemas.

PLANTA MEDICINAL: Com muitas propriedades medicinais é utilizada no tratamento de várias enfermidades.

PREÇO: Em Holambra / Sp o saquinho de muda estava sendo comercializado por R$ 0,70.

Clique para ampliar 
Mudas comercializadas