Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

MEDRONHEIRO - ( Arbutus unedo )

16:29 6 Comments A+ a-


“Árvore dos morangos” - Frutífera ornamental.
Clique para ampliar
Arbutus unedo

NOME CIENTÍFICO: Arbutus unedo.

NOME POPULAR: Medronheiro, corbezzolo, ervedeiro, érvodo ou êrvedo.

FAMÍLIA: Ericaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Região Mediterrânea e Europa Ocidental.

PORTE: Arbusto ou pequena árvore que atinge mais de 5 metros de altura

FOLHAS: Permanentes, espessas, brilhantes, de coloração verde-escura na página superior e mais clara na inferior, margens dentadas.   
Clique para ampliar
Detalhe da folha
FLORES: Hermafroditas, ocorrem no outono, são pendentes, de cor branca´roseada, cálice e corola campanulado. Atraem abelhas desde que a temperatura não esteja muito baixa.
Clique para ampliar
Detalhe da flor
Nota: As flores que irão dar origem aos frutos que despontam no outono só irão ficar maduras no outono do ano seguinte.
Clique para ampliar
Flores e frutos juntos no final do outono
FRUTOS: Chamado de Medronho, esférico, com cerca de 2cm de diâmetro, de polpa comestível, carnuda, com sementes miúdas, de coloração que passa do verde para amarelo, escarlate e vermelho-escuro, amadurecem no final do outono.

Clique para ampliar
Detalhe dos frutos
Clique para ampliar
Detalhe da fruta
Clique para ampliar
Detalhe da fruta
 
TRONCO: De coloração castanha, o tronco e os ramos são tortuosos. Madeira resistente e pesada, por ser aromática é bastante utilizada em lareiras e fogões.
Clique para ampliar
Detalhe do tronco

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Manter o solo ligeiramente úmido, mas não encharcado, regar de 1 a 2 vezes por semana.

CLIMA: Ameno, com estações do ano bem definidas.

PODA: Não necessária apenas retirar galhos mal formados e secos.

CULTIVO: No preparo de mudas através de sementes ( que são bem pequenas) , exige alguns cuidados, o crescimento nesta fase é bem lento. levando cerca de 15 meses até que ela possa ir para o local definitivo.

FERTILIZAÇÃO: Aplique adubo orgânico.

UTILIZAÇÃO: Bastante ornamental, pois no outono podem ser vista ao mesmo tempo suas flores brancas, frutos vermelhos e folhas verdes.

PROPAGAÇÃO: Por sementes.

PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.

6 comentários

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
14 de setembro de 2013 15:00 delete

E é destas flores que as abelhas retiram o famoso mel de Medronheiro, o qual tem um forte sabor amargo e ao mesmo tempo doce. Eu como apicultor, sempre o tenho utilizado para problemas de intestinos "preguiçosos", para acabar de vez com as dores de cabeça permanentes e fortes, para erradicar as paragens de digestão, eliminar a acidez estomacal, para eliminar o estado de excitação nocturna que não nos deixa dormir, para acabar repentinamente com a ressaca alcoólica, para problemas pulmonares etc. Também na cozinha faz brilharetes, aliado a outros ingredientes é um espanto.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
15 de setembro de 2013 20:26 delete

Olá Boa Noite.

Obrigado pela informação, isso ajudará os leitores do blog a conhecer melhor essa maravilhosa planta.

Um abração!

Reply
avatar
Quebec ..
AUTHOR
2 de dezembro de 2013 02:53 delete

Oi Mario vc tem esta fruta em seu sitio ?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
2 de dezembro de 2013 07:28 delete

Olá Bom Dia!
Infelizmente ainda não tenho, as da postagem fotografei em Savona - Itália.
Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
26 de janeiro de 2014 12:15 delete

Boa tarde.
Confesso que estou muito intrigado com esta história do mel de medronheiro. E porquê? Porque ainda tenho alguma dificuldade em perceber como é que as abelhas conseguem entrar na flor desta planta. O mesmo acontece com a flor do mirtilo. Já fiz imensas observações e o que concluí vai de encontro ao que tenho lido, só os abelhões conseguem tirar néctar porque têm uma "ferramenta" mais comprida que lhes possibilita penetrar na estreita flor em forma de cântaro.

Abraços

Reply
avatar
25 de março de 2017 21:28 delete

Boa tarde,
Estou procurando muda de Medronho.
Meu e-mail: bernardes_leandro@hotmail.com

Reply
avatar