Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

SALSA - ( Petroselinum sativum )

06:58 10 Comments A+ a-



SALSA - ( Petroselinum sativum )
NOME CIENTÍFICO: Petroselinum sativum.

NOME POPULAR: Salsa, cheiro-verde, salsa-das-hortas, salsa-de-cheiro, cheiro.

Nota: Existe no mercado diversas cultivar, que são agrupadas pelo tipo de folha: lisa, crespas, muito crespas. Na Europa existem variedades, que a parte comestível são as raízes.

SINONÍMIA: Petroselinum crispum, Apium crispum, Aipum petroselinum, Petroselinum hortense, Petroselinum vulgare, Petroselinum petroselinum.

FAMÍLIA: Apiaceae (Umbeliferae).

CICLO DE VIDA: Bienal ou perene.

ORIGEM: Sul da Europa e Oriente Médio.

PORTE: Atinge a 30 cm de altura

SALSA - ( Petroselinum sativum ) - Porte
FOLHAS: De aroma forte e bastante agradável, possui coloração verde-escura, são brilhantes e com folíolos triangulares e serrilhados.

SALSA - ( Petroselinum sativum ) - Detalhe das folhas
FLORES: De coloração amarela-clara, são pequenas e hermafroditas.

TRONCO: Seu caule é cilíndrico, oco, de coloração verde-claro, o aroma e sabor característico é conduzido através de canos oleíferos.

SALSA - ( Petroselinum sativum ) - Detalhe do caule
LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.

ÁGUA: Gosta de solo úmido, não encharcado, regar dia sim dia não. Em dias muito quente diariamente, de preferência logo pela manhã.

CLIMA: Ameno. Não tolera temperaturas muito altas, nem muito baixas. Temperatura ideal é de 7 a 24º C.

PODA: Podem ser retirados os ramos secos ou amarelados. Para uso corte apenas as folhas mais desenvolvidas, com isso a planta terá vida mais prolongada.

CULTIVO: Prefere solo rico em matéria orgânica, que tenha boa drenagem. A germinação ocorre entre 10 a 28 dias (conforme o clima, o ideal é de 20 a 30º C . Quando a planta tiver 5cm de altura, faça o desbaste, deixando as mais vigorosas.  Ficará pronto para colher entre 50 a 70 dias.

FERTILIZAÇÃO: No preparo do canteiro, use para cada metro quadrado, cerca de ½ kg de adubo orgânico ou ½ kg de esterco de curral bem curtido.

UTILIZAÇÃO: É uma das plantas aromáticas mais popular na gastronomia em todo mundo. Quem tem em casa uma horta um canteiro,  ela não pode estar ausente.

PROPAGAÇÃO: Por sementes. Cada grama contém de 400 a 650 sementes (conforme variedade).

PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinal, sendo indicada no tratamento de várias doenças.

Atenção: A salsa é um veneno mortal para Papagaios, portando quem os possui não administrá-la jamais.

PREÇO: No varejo, o pacotinho de sementes varia de R$ 1,00 a R$ 2,00 e o saquinho com muda de R$ R$ 0,50 a R$ 1,00.
 
SALSA - ( Petroselinum sativum )
FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na Chácara onde moro em Mogi Mirim / SP

10 comentários

Write comentários
Regina Coeli
AUTHOR
11 de janeiro de 2012 14:40 delete

Olá Mario,
Sou uma de suas SEGUIDORAS e ainda não registrei o quanto tenho aprendido com suas postagens.
Seu tabalho de pesquisa é riquíssimo e muito esclarecedor!!!
Gosto muito de lidar com a terra e com plantas e pouco que sei aprendi com meu saudoso Pai, um amante da Natureza.
Não tenho um CANTINHO VERDE tão grande quanto o seu, tenho apenas o JARDIM VIÇOSO, um dos recantos preferidos.
Diariamente tenho surpresas maravilhosas com minhas plantinhas, elas alegram, colorem e suavisam minha vida.
Parabéns pelas suas postagens!!!
Receba meus cumprimentos e agradecimentos cá da Terra de Dona Beja,
Regina Coeli

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
12 de janeiro de 2012 12:23 delete

Olá Regina, Boa Tarde!

Obrigado pela mensagem.
Isso me incentiva a continuar a postando, aquilo que mais gosto, fotos e plantas ornamentais.
Ter um espaço grande, é muito bom para quem tem alguém para cuidar, pois a manutenção é complicada.
Acabo passando a maior parte do tempo, cortando mato / grama e podando cercas e dando manutenção nas casas.
Acaba sobrando pouco tempo para minhas plantas.
Esse é um dos motivos pelo qual estou vendendo a propriedade, embora o fator principal seja um projeto pessoal.
Um abração!

Reply
avatar
amanda M
AUTHOR
1 de março de 2012 20:27 delete

Olá Mario ultimamente venho acompanhando seu trabalho sua dedicação queria parabeniza-lo e tirar algumas duvidas ,queria saber qual e a adubação química usada na salsinha,como e feito o seu beneficiamento,seu armazenamento e qual sua industrialização..desde já agradeço...

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
2 de março de 2012 20:07 delete

Olá Amanda, Boa Noite!

Obrigado por estar acompanhando o Blog, fico muito feliz.
Na minha horta e nas frutíferas não uso adubo químico, nem agrotóxicos.
Na salsinha o segredo do sucesso, está na preparação do canteiro que irá receber as mudinhas, eu uso esterco de gado bem curtido,mas quem tem dificuldade de encontrar, pode colocar composto orgânico ou húmus de minhoca.
Depois é só não descuidar das regas.
Quanto ao beneficiamento,armazenamento,industrialização, não poderei te ajudar, pois planto apenas para consumo e não tenho experiência sobre o assunto.

Um abração!

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
3 de julho de 2012 12:41 delete

vc vende plantas???????

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
4 de julho de 2012 16:05 delete

Olá, Boa Tarde!
Não trabalho com comércio de plantas.
Um abração!

Reply
avatar
miguel
AUTHOR
14 de julho de 2013 10:58 delete

Bom dia. Tenho um problema que ainda não consegui resolver: faz hoje 100 dias que tenho salsa que semeei e ainda não se desenvolveu. Demorou cerca se 1 mês e meio para germinar e agora continua muito pouco desenvolvida. O seu tamanho não passa de uma polegada. O vaso é suficientemente grande para isto ser um problema de espaço das raízes. Rego-as todos os dias, está no parapeito da janela (por isso apanha luz solar). Não sei que mais hei eu de fazer... Gostaria muito que alguém me ajudasse neste meu problema ou pelo menos identificar qual o mais provável.

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
24 de julho de 2013 14:34 delete

Olá Miguel, Boa Tarde.
Se mantém a rega de forma adequada, a planta recebe sol, acredito que o erro só pode estar no substrato que utilizou.
Como está dentro de casa e não poderia usar esterco de gado bem curtido devido o odor, tente encontrar composto orgânico ou húmus de minhoca.
Um abração!

Reply
avatar
26 de agosto de 2013 15:09 delete

Meu amigo, de início quero parabenizá-lo pelo excelente trabalho. Uma dúvida: a planta conhecida como cheiro-verde é a mesma salsa?

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
28 de agosto de 2013 19:35 delete

Olá Antonio Roberto, Boa Noite.
Cheiro verde é o nome dado a mistura de salsinha e cebolinha.
É encontrado juntos em feiras e supermercados
Um abração!

Reply
avatar