Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

EUCALIPTO-GLOBULOS - ( Eucalyptus globulos )

19:44 0 Comments A+ a-

Clique para ampliar 
Eucalyptus globulos
NOME CIENTÍFICO: Eucalyptus globulos.



Nota: O nome glóbulos é derivado do latim e significa “pequeno botão”, em referência ao formato do seu fruto.


NOME POPULAR: Eucalipto-globulos, eucalipto-comum, eucalipto-da-tasmânia,




FAMÍLIA: Mirtaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Austrália.



PORTE: Normalmente varia de 30 a 55 metros de altura, mas existe exemplares que alcançam alturas extraordinárias.



FOLHAS: As folhas na planta jovem são diferentes da adulta, em cor, tamanho e forma. As jovens tem coloração azulada, medem cerca de 6 a 15 cm, enquanto que a adulta mede de 15 a 35 cm, tem coloração verde acinzentado, são alongadas e contorcidas.


FLORES: De coloração creme ou esbranquiçadas, produzindo bastante néctar muito apreciado pelas abelhas.



FRUTOS: São cápsulas lenhosas, que contém muitas sementes, e quando maduras se abrem para liberação delas.



TRONCO: Ereto tendo ramificações na parte mais alta, tem casca espessa, que se solta de forma espontânea, que antes de caírem ficam meio enroladas presas ao tronco, sua coloração que antes era cinza clara ao secar fica acastanhada.

Clique para ampliar 
Ramificado na parte mais alta

LUMINOSIDADE: Sol pleno.



ÁGUA:  Por ocasião do plantio, regar 2 vezes por semana, em sua fase juvenil pode ser 1 vez por semana, após adulta, somente em estiagem muito prolongadas.


CLIMA: Subtropical, não tolera frio intenso.



PODA: Não necessária.



Nota: Se cortadas não precisam ser replantadas, pois irão aparecer muitos brotos no tronco, é só ir fazendo desbaste, deixando os principais, logo terá a árvore reconstituída.  



CULTIVO: De crescimento muito rápido, prefere solos profundos areno-argilosos.



FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio incorpore a terra retirada da cova NPK,fórmula 10-10-10.



UTILIZAÇÃO: Bastante cultivada principalmente para produção de pasta para fabricação de papel e como lenha.



PROPAGAÇÃO: Por sementes.



PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.


Fotos: Fotografei na CIPREST.