Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

MUSSAENDA-BRANCA - ( Mussaenda philippica )

07:16 5 Comments A+ a-


Arbusto ornamental.
 Clique para ampliar
Mussaenda philippica

NOME CIENTÍFICO:  Mussaenda philippica.

NOME POPULAR: Mussaenda branca.

FAMÍLIA: Rubiaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Ásia, Filipinas, Nova Guiné.

PORTE: Chega atingir cerca de 2,5 metros de altura.

FOLHAS: Tem formado meio ovalado, de coloração verde um pouco mais escuro na página (lado) superior e um verde mais claro e opaco na página inferior. As nervuras são bem definidas.
  Clique para ampliar
Detalhe da folha, página superior
 Clique para ampliar
Detalhe da folha, página inferior
 
FLORES: Suas inflorescências são terminais, com flores bem pequenas de coloração amarela / laranja, no formato de uma estrela de 5 pontas. Estas flores estão protegidas por brácteas (folhas modificadas) de coloração branca. A florada acontece durante a primavera e verão.

 Clique para ampliar
Pequenas flores de 5 pontas
  Clique para ampliar
Muitas brácteas brancas protegendo a flor
TRONCO: Textura semi-lenhosa.

LUMINOSIDADE: Sol pleno, tolera meia sombra, porém a florada é menos intensa.

ÁGUA: Regar 2 vezes por semana, de forma moderada, sem encharcar.

CLIMA: Aprecia clima quente e úmido, não tolera frio intenso.

PODA: Para estimular novas brotações e dar forma na planta, ela deve ser feita após término da florada.

CULTIVO: Gosta de solo rico em matéria orgânica, que tenha boa drenagem. Sugestão de mistura para vasos: 1 parte de terra comum de jardim, 1 parte de terra vegetal e 2 partes de composto orgânico.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio da muda, misturar bem a terra retirada cerca de 10 colheres de sopa de NPK, fórmula 04-14-08. Após 12 meses aplicar de 3 a 4 vezes por ano, cerca de 3 colheres de sopa ao redor do caule (nunca junto a ele). Com o crescimento, a quantidade pode ser aumentada gradativamente. Incorporar levemente ao solo e regar em seguida.

Nota: Adubações periódicas é o caminho, para se obter magníficas floradas.  

UTILIZAÇÃO: Fica bem junto a muros, em cerca-viva e renques, de forma isolada ou em grupos. Pode também ser plantada em grandes vasos.

Nota: Para que adquira porte de uma arvoreta, à medida que for crescendo, devem ser cortados brotações laterais.

PROPAGAÇÃO: Multiplica-se por estaquia e alporquia.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico Plantarum, em Nova Odessa / SP, onde ela outras maravilhosas plantas ornamentais, podem ser vistas em todos seus detalhes. O link está na margem direita deste blog.

5 comentários

Write comentários
Blog da Bete
AUTHOR
1 de maio de 2012 08:07 delete

Obrigado por compartilhar ela é linda, a rosa também.
abraços

Reply
avatar
Mário Franco
AUTHOR
1 de maio de 2012 13:30 delete

Olá Bete, Boa Tarde!

Obrigado pela visita, realmente a Mussaenda-rosa (Mussaenda alicia) é também maravilhosa.

Um abração!

Reply
avatar
Amigo de Deus
AUTHOR
5 de junho de 2014 22:38 delete

Tentei de todas as formas fazer estaquia de Mussaenda-Rosa, mas não consegui. Fui consegui com alporquia, pois depois de 2 meses, já tinha uma raiz de 3cm, aí eu cortei o galho e plantei. Não sei se vai pegar, pois a raiz ainda tá bem pequena, mas agora que eu já sei, vou deixar o próximo alporque pelo menos uns 4 meses

Reply
avatar
Anônimo
AUTHOR
30 de abril de 2015 21:48 delete

Experimente fazer estaquia em substrato rico em materia organica ou palha de arroz com terra de jardim. O substrato deve ser bem leve para não apodrecer a estaca. Utilize estacas que tenham a espessura de um dedo. A dica que deixo é fazer estaquia em estufa, isso melhora e agiliza os resultados. Sou apaixonado por mussaendas, boa sorte!!

Reply
avatar
22 de outubro de 2016 15:05 delete

Gostei muito do blog. Os outros blog ou sites em que tinha entrado até agora nenhum continha tanta informação quanto este sobre a espécie. Conteúdo muito bem explicado e detalhado. Obrigado por compartilhar.

Reply
avatar