Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

DORME-DORME - ( Neptunia plena )

07:38 1 Comments A+ a-


Erva aquática flutuante.
DORME-DORME - ( Neptunia plena )
NOME CIENTÍFICO: Neptunia plena.

NOME POPULAR: Dorme-dorme, jurema-d’água.

Nota: A planta recebeu este nome popular, porque suas folhas durante a noite, quando tocadas, ou mesmo pelo movimento da água, se fecham.

FAMÍLIA: Fabaceae - Mimosaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Américas (Norte, Central e Sul).

PORTE: Em torno de 30 cm de altura.

FOLHAS: Compostas, bipinadas, dispostas em pares opostos.

DORME-DORME - ( Neptunia plena ) - Detalhe das folhas
 FLORES: De coloração amarela, despontam principalmente no verão.

DORME-DORME - ( Neptunia plena ) - Detalhe da flor
FRUTOS: Folículos (frutos que quando secos, se abrem numa só fenda).

TRONCO: Formada por densas hastes entrelaçada, que principalmente na época das chuvas se deslocam em partes, indo se acomodar em novos locais.

LUMINOSIDADE: Sol pleno, meia-sombra.

ÁGUA: Planta aquática.

CLIMA: Prefere clima quente e úmido.

PODA: Se desejar que ela não se alastre, deve ser cortada e descartada estas partes em local apropriado.

Nota: No caso de infestações e o desejo de efetuar a retirada total, o método mais adequado é a remoção de toda planta puxando manualmente para fora, esta operação deve ser repetida até que cesse a rebrota.

CULTIVO: Planta aquática bastante rústica, que pode ser cultivada em solos encharcados e superfícies de água. Prefere locais que tenham de 30 a 80 cm de profundidade.  É considerada uma erva daninha, que pode proliferar de forma vigorosa.

FERTILIZAÇÃO: Não recomendada, principalmente  se no local conter peixes.

UTILIZAÇÃO: Nas margens de cursos d’água, lagos, tanques.

PROPAGAÇÃO: Por sementes e divisão de planta.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico Plantarum, localizado em Nova Odessa / SP. O endereço do local, com maiores informações estão na margem direita deste blog.

1 comentários:

Write comentários
Anônimo
AUTHOR
10 de junho de 2015 16:36 delete

Olá! Sabe como consigo algumas sementes para plantar em casa? rodrigo.savalla@hotmail.com

Reply
avatar