Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

CAPA-DE-LA-REINA, GORRO-DE-VASCO - ( Farfugium japonicum )

08:31 0 Comments A+ a-

CAPA-DE-LA-REINA, GORRO-DE-VASCO - ( Farfugium japonicum )



NOME CIENTÍFICO: Farfugium japonicum.


NOME POPULAR: Planta-leopardo-gigante, pata-de-cavalo (Portugal), gorro-de-vasco, capa-de-la-reina (espanhol), leopard-plant (Inglês), leopardo-denpflanze (alemão).


Nota: Existe muitas variedades, mas uma das mais comuns é a “Aureo-maculata”, com suas folhas manchadas, o que  lhe renderam o nome popular de “planta-leopardo”.


SINONÍMIA: Tussilago japônica, Senecio kaempferi, Farfugium kaempferi, Farfugium grande, Senecio tussilagineus, Ligularia tussilaginea, Ligularia nokozanensis, Tussilagineum farfugium, Ligularia kaempferi.



FAMÍLIA: Asteraceae.



ORIGEM: China, Japão, Coréia do Sul e Taiwan.



Nota: É encontrada nas encostas rochosas costeiras e ao longo das margens dos rios.



PORTE: Atinge uma altura de 30-45 cm e 60 cm de largura.



FOLHAS: bastante ornamentais, de coloração verde escura, grandes (cerca de 20-30 cm de diâmetro), brilhantes, arredondadas, com toda extremidade curvada para dentro, se assemelha a uma boina (origem do nome popular), com nervuras bem definidas.

 
CAPA-DE-LA-REINA, GORRO-DE-VASCO - ( Farfugium japonicum ) - Detalhe da folha

Nota: Existe uma variedade com manchas amareladas nas folhas.



FLORES: As inflorescências medem cerca de 30-70 cm de altura, com uma haste com o topo ramificado composto por 8-13 flores, de coloração amarela, com 5 pétalas unidas.
CAPA-DE-LA-REINA, GORRO-DE-VASCO - ( Farfugium japonicum )


FRUTOS: São aquênios (cápsulas), que contém apenas uma semente, são cilíndricos com 0,6 cm de comprimento, tem uma espécie de coroa com cerdas com cerca de 1 cm que tem a função de ajudar sua dispersão.


LUMINOSIDADE: Não suporta luz direta do sol, principalmente nas horas mais quentes do dia.



Nota: A planta prefere luz solar filtrada por árvores.



ÁGUA: Gosta de solo úmido, mas não encharcado, regar de 1 a 2 vezes por semana, conforme necessidade.


CLIMA: Ameno, resiste bem a baixas temperaturas e salinidade.



PODA: Pode ser realizada no final do inverno/início da primavera, para estimular novas brotações.



CULTIVO: Prefere solos ricos em matéria orgânica que tenham boa drenagem.



FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio misturar na terra composto orgânico ou esterco de gado bem curtido, cerca de 20 a 30 litros para uma cova de 40 x 40 cm. Após 60 dias aplicar uma colher de sopa de NPK, fórmula 04-14-08 ao redor do caule (nunca junto a ele) incorporar levemente ao solo e regar em seguida.



UTILIZAÇÃO: Fica maravilhoso em jardins e canteiros que tenham árvores altas e deixem passar a luz do sol de forma filtrada. Pode também ser cultivada em vasos.


CAPA-DE-LA-REINA, GORRO-DE-VASCO - ( Farfugium japonicum ) - Utilização
PROPAGAÇÃO: Por sementes e por divisão da planta que deve ser feita na primavera.

CAPA-DE-LA-REINA, GORRO-DE-VASCO - ( Farfugium japonicum )


FOTOS DESTA POSTAGEM:  Fotografei em Tenerife, pertencente a Espanha, é o maior arquipélago das Canárias.

CRÉDITOS: A foto das flores é de Dr. Giuseppe Mazza, e o texto tem autores diversos pesquisados em livros diversos sites e observações minhas.