Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

CARVALHO-PISTACHE - ( Pistacia atlântica )

08:48 0 Comments A+ a-

CARVALHO-PISTACHE - ( Pistacia atlântica ) - Detalhe do tronco

NOME CIENTÍFICO: Pistacia atlântica.


NOME POPULAR: Carvalho-pistache, turpentine-tree, turebinth-tree, (ingles) , térébinthe, pistachier-térébinthe, (francês), tarpentinpistazie, terpentinbaum, (alemão), tereterebinto, pistacchio-terebinto, corno-frassano, scotano-campestre, pistacchio-giallo, (italiano),almácigo, mount-atlas-mastic (espanhol).



SINONÍMIA: Pistacia mutica, Terebinthus atlanticus.



FAMÍLIA: Anacardiaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Norte da África.



Nota: É encontrada em todas as Ilhas Canárias, no Irã e ao norte do Saara.



PORTE: De 7-12 metros de altura, formando uma copa densa.



Nota: Árvore de crescimento lento, podendo viver mais de 1.000 anos, para atingir um tronco com diâmetro de 1 metro, leva cerca de 200 anos.



FOLHAS: Em áreas mais frias as folhas caem no inverno, tem coloração verde-médio, são brilhantes na página (lado) superior, pinadas com 5-9 folíolos em cada folha, os folíolos tem forma de lança.

CARVALHO-PISTACHE - ( Pistacia atlântica ) - Detalhe das folhas com seus 5 a 7 folíolos.

FLORES: Em cachos soltos, ocorrem no verão, com flores masculinas e femininas em árvores diferentes. São pequenas e tem coloração verde.



FRUTOS: No formato de ervilhas, medindo cerca de 6 mm, de coloração vermelha-azulada.
CARVALHO-PISTACHE - ( Pistacia atlântica )

TRONCO: Ereto e robusto, com casca bastante rugosa.


CARVALHO-PISTACHE - ( Pistacia atlântica ) - Detalhe do tronco

LUMINOSIDADE: Sol pleno.



ÁGUA: Não é exigente. O solo deve ser mantido levemente úmido, quando a planta for jovem, depois de adulta ela resiste a estiagens prolongadas.



CLIMA: Mediterrâneo, com inverno moderado e verão quente e seco, podendo atingir temperaturas máximas de 30º C e mínimas de 0º C



PODA: Não necessária, apenas quando jovem fazer poda de condução, retirando brotações laterais, galhos secos e mal formados.



CULTIVO: Bastante rústica, não é muito exigente em relação ao solo,



Nota: Por apresentar características de grande resistência a condições climáticas, deve se ter muito cuidado de não plantar em áreas de plantas nativas, pois ela irá competir com elas e certamente irá “ganhar o jogo” e aos poucos acabando com elas.



FERTILIZAÇÃO: Não é exigente. Por ocasião do plantio para uma cova de 40 X 40 cm aplique cerca de 10 colheres de sopa de NPK 10-10-10, bem misturado a terra retirada.



UTILIZAÇÃO: Nas ruas das cidades do Mar Negro é utilizada como planta ornamental, serve para conter erosão, fortalecendo o solo, sendo portanto muito utilizada em reflorestamento de encostas áridas para conter deslizamento de terras.


PROPAGAÇÃO: Por sementes.



PLANTA MEDICINAL: Várias partes da planta são utilizadas na preparação de remédios para cura de diversas enfermidades.



PLANTA TÓXICA: Como qualquer planta de uso medicinal a dosagem deve ser administrada de forma correta, para não ter reações contrárias ao da cura.

CARVALHO-PISTACHE - ( Pistacia atlântica ) - Placa de Identificação no J. Botânico de Barcelona

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico de Barcelona.