Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

DODONAEA - ( Dodonaea viscosa ssp. Spatulata )

07:59 0 Comments A+ a-

DODONAEA - ( Dodonaea viscosa ssp. Spatulata )

NOME CIENTÍFICO: Dodonaea viscosa ssp. Spatulata.



Nota: Existem muitas subespécies desta planta.



Significado do Nome: “Dodonaea” em referência ao botânico Rembert Dodoene (Século XVI) e “viscosa” derivado do latim, que significa pegajoso.



NOME POPULAR: Dodonaea.


FAMÍLIA: Sapindaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: Austrália Meridional.



PORTE: Arbusto de 1 a 3 metros de altura.



Nota: Pode ser conduzido como uma arvoreta, atingindo alturas maiores.



FOLHAS: São simples, medem cerca de 4-7,5 cm de comprimento por 1-1,5 cm de largura, tem formato elíptico e secretam uma substância resinosa.

 
DODONAEA - ( Dodonaea viscosa ssp. Spatulata )

FLORES: São de coloração que variam do amarelo a laranja-verrmelho em panículas que medem cerca de 2,5 cm.



FRUTOS: São cápsulas  que medem cerca de 1,5 cm, de coloração vermelha que após ficarem maduros se tornam marrom, tem de 2-4 asas.



LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.



Nota: A planta precisa de muita claridade para que ocorra uma bela florada e produção de frutos.



ÁGUA: Regar de forma moderada, principalmente quando a planta for jovem, depois de adulta suporta períodos de estiagem muito duradouros.


CLIMA: Temperado, tolera geadas não intensa.



PODA: Não necessária, mas retirar ramos secos e mal formados. A poda regular irá estimular novas brotações.



Nota: Se desejar conduzir a planta em forma de arvoreta, a medida que a planta for crescendo, retirar brotações laterais, deixando o central.



CULTIVO: Prefere solo que tenha boa drenagem, requer pouca manutenção.



FERTILIZAÇÃO: Não é muito exigente, aplicar  NPK 04-14-8, de 1 a 3 colheres de sopa (conforme tamanho da planta), sempre ao redor do caule nunca junto a ele, incorporar levemente ao solo e regar em seguida



UTILIZAÇÃO: Fica bem em grandes jardins, cultivada de forma isolada, em grupos ou fazendo composição com outras plantas.




PROPAGAÇÃO: Pode ser feita por estacas e por sementes.



Nota: Para ajudar na germinação, as sementes deverão ser mergulhadas em água quente, antes do plantio, para “quebrar a dormência”. Se se for por estacas, a parte do caule que ficará em contato com o substrato, deve ser colocado em hormônio enraizador.



PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais, sendo utilizada para cura de algumas doenças.



PLANTA TÓXICA: Como qualquer planta com utilização medicinal a dosagem deve ser utilizada na medida certa, para não se obter um resultado contrário ao desejado.

 
DODONAEA - ( Dodonaea viscosa ssp. Spatulata )- Placa no Jardim Botânico de Barcelona

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico de Barcelona - Espanha.