Atenção leitores

ESTAMOS TRABALHANDO PARA MELHORAR O BLOG - Algumas janelas ainda não estão prontas - Desculpe o transtorno,
Não trabalhamos com venda de plantas e não enviamos sementes.

FEEDBACK - Agradecemos o recebimento de quem tem informações adicionais sobre as plantas postadas neste blog, especialmente se não concordarem com o que temos escrito ou se têm dicas culturais adicionais, pois isso certamente ajudaria a todos.

COMENTÁRIOS - Tentamos responder os comentários na medida do possível, infelizmente não estamos conseguindo atender a todos. Os comentários passam por moderação e não são publicados de imediato, não serão aceitos comerciais.

ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis)

07:46 0 Comments A+ a-


ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis)

NOME CIENTÍFICO: Hibiscus mutabilis.

Nota: Recebeu o nome de “mutabilis” pelo fato de suas flores nascerem de coloração branca e com o passar das horas do dia vão se tornando rosa.

NOME POPULAR: Rosa-louca, rosa-de-são-francisco, rosa-paulista, aurora, papoula-de-duas-cores, rosa-de-jericó, malva-rosa, Confederate rose (inglês).

SINONÍMIA: Ketmia mutabilis, Albelmoschus mutabilis.

FAMÍLIA: Malvaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: China.

PORTE: De 3 a 4 metros de altura.

FOLHAS: Grandes, com bordos serrilhados, textura áspera e nervuras bem definidas.
 
ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis)  
Nota: Apesar de perenes, em regiões com clima bem definido, podem cair no inverno.
 
ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis)
FLORES: Surgem no outono, podem ser simples e dobradas, são grandes solitárias, abrem brancas pela manhã e passam gradativamente a róseas e avermelhadas.

ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis) - No inicio são brancas
ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis) - No final da tarde rosas
ROSA-LOUCA, CONFEDERATE-ROSE - ( Hibiscus mutabilis) - No inicio são brancas - 24h00 depois

TRONCO: Ereto e ramificado, de textura semi-lenhosa.

LUMINOSIDADE: Sol pleno ou meia-sombra.

ÁGUA: Aprecia solo mantido úmido mas não encharcado.

CLIMA: Pode ser cultivada em diversos tipos de clima e tolera geada fraca.

PODA: Além de podas de formação, a planta pode ser conduzida como arvoreta.

CULTIVO: É bastante rústica e aceita qualquer tipo de solo, mas se dá melhor nos areno-argilosos ricos em matéria orgânica.

FERTILIZAÇÃO: Aplicar NPK, fórmula 04-14-08, cerca de 1 a 5 colheres de sopa (conforme tamanho da planta), sempre ao redor do caule na projeção da copa, nunca junto ao caule, incorporar levemente ao solo e regar em seguida.

UTILIZAÇÃO: De forma isolada, em grupos e renques.

PROPAGAÇÃO: Por sementes, estaquia ou alporquia

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei na chácara onde moro em Mogi Mirim / SP.